fbpx

Como planejar seu funeral ainda em vida

Imagine e planeje o seu funeral, mesmo que seja daqui a 50 anos, e diga a sua família o que você quer.

Planejar seu funeral com antecedência pode resolver alguns problemas logísticos e financeiros da sua família após sua morte, garantindo que você tenha o tipo de funeral que deseja.

Mas você não deve se sentir pressionado a planejar tudo, nos mínimos detalhes. Embora algumas pessoas não tenham esse problema, é normal que você ache muito difícil ou assustador. No entanto, você pode deixar a sua família saber alguns desejos seus, para tornar o funeral mais leve para os envolvidos.

A maior decisão que você deve tomar: enterro, cremação ou doação?

Em primeiro lugar e acima de tudo: Deixe sua família e seus entes queridos saberem se você quer ser enterrado ou cremado. Apenas deixar que alguém saiba sua resposta definitiva já evita muito estresse desnecessário durante um período já emotivo. 

Se você escolher enterro, você precisa comprar um local em um mausoléu, em um cemitério. Se você optar pela cremação, você pode decidir o que quer fazer com os restos cremados. 

Para doar seu corpo à ciência, você vai precisar de um documento específico.

Planejamento antecipado: Encontrando uma funerária

Envolva os serviços de uma funerária e pense como você deseja ser lembrado. Se você estiver planejando um velório seguido de enterro, você deverá trabalhar com uma funerária, que irá ajudar com todos os arranjos, inclusive com um cemitério para comprar um terreno e orquestrar o enterro.

Se você estiver planejando um velório seguido de cremação, você também irá precisar de uma funerária. Eles o ajudarão a se conectar com um crematório para organizar a cremação.

Se você estiver planejando uma cremação direta seguida de uma cerimônia memorial ou de dispersão de cinzas, talvez você possa lidar diretamente com o crematório. Nesse caso, você não precisará contratar serviço funerário.

Como você vai pagar por isso?

Ao agendar serviços, e normal pagar antecipadamente por eles, pelo menos uma parte. Há várias maneiras de pagar pelos arranjos que você está fazendo antecipadamente, e algumas podem atender melhor às suas necessidades do que outras.

A organização prévia é extremamente importante pois seus familiares podem não estar preparados para arcar com certos custos.

Cemitério

Você pode contatar um cemitério diretamente ou por intermédio de uma funerária. Mas primeiro você precisa tomar algumas decisões:

  • Escolher o cemitério: localização, religião e ambiente são os fatores mais relevantes a serem considerados na escolha do cemitério, assim como o seu túmulo (não apenas para você, mas também para outros membros da família);
  • Decidir quantos lotes você quer: você está comprando apenas para si ou para toda a família. Nesse caso, você pode preferir lotes que estejam juntos.
  • Visite o cemitério: Dê uma olhada no local. É bem conservado? É o que você tem em mente? Aproveite a visita para tirar todas as suas dúvidas antes de assinar a papelada.

Produtos para enterro e cremação

  • Caixão: Existe uma enorme variedade de estilo e preço de caixões e a escolha deve ser sua, pessoal. Você pode comprar em uma funerária ou pela internet.
  • Caixa-forte de enterro: O cemitério provavelmente exigirá um cofre funerário ou forro de sepultura, e a funerária pode não ter muitas opções de cofres e forros, portanto, esteja ciente de que você pode não ter muita escolha para este produto.
  • Urna: As urna de cremação vêm em uma variedade de estilos e preços e deve ser uma escolha pessoal sua. 
  • Caixão para a cremação: Você pode querer um caixão para o velório e preferir ser cremado dentro dele, lembrando apenas que ele não deve ser feito de metal. Se você não quiser comprar um caixão mas quiser usar um para o serviço funerário, você pode alugar um da funerária para o serviço funerário e usar um recipiente alternativo para a cremação.

Antes de continuarmos…Você já tomou alguma dessas providências?

Pode parecer estranho perguntar neste momento, mas você já fez algum acerto prévio? Você provavelmente se lembraria. De outro modo, alguém já fez essas compras em seu nome? Às vezes, os membros da família têm parcelas reservadas. Pergunte aos seus familiares para ter certeza. Se alguém lhe fez a gentileza de comprar um terreno, compartilhe esses detalhes com seus entes queridos para evitar confusão e a compra de outro.

Que tipo de velório você deseja?

Normalmente os velórios ocorrem em igrejas ou no próprio cemitério e você pode decidir antecipadamente onde quer que o seu ocorra.

Personalize seu velório

Você pode escolher o tipo de decoração que deseja e até mesmo as canções ou leituras a serem feitas, especialmente se você for uma pessoa religiosa.

  • Escolha o local: os funerais são normalmente realizados em casas funerárias, locais religiosos de culto ou nas capelas dos cemitérios.
  • Escolha um oficiante: Se você estiver realizando o culto em um local religioso, o líder religioso de lá provavelmente liderará o culto. Caso contrário, qualquer um que você escolher poderá liderar o culto e falar um pouco sobre você.
  • Escolha os participantes: Há muitas maneiras de os amigos e familiares participarem de um velório. Identifique quem você gostaria que fizesse as leituras. Os participantes também podem cantar canções, tocar instrumentos musicais ou prestar outras homenagens.
  • Faça uma lista de convidados: Se houver pessoas específicas que você gostaria de ter convidado para o serviço, anote seus nomes e informações de contato para que a pessoa que for organizar tudo não deixe de convida-las.

É importante que você deixe sua família saber como você gostaria que o serviço ficasse e se sentisse. Escolha flores, música, e outros toques pessoais.

Por fim, saiba que todas essas informações podem ser registradas e compartilhadas com os Guardiões da sua vida em nossa plataforma. Acesse agora: www.guardadoria.com.br

Há alguns anos, o  filme estadunidense Safe Haven (2013), lançado no Brasil  com o nome Um Porto Seguro, apresentou uma trama extremamente instigante em que uma esposa diagnosticada com uma doença grave se dá conta de que não terá tempo para vivenciar momentos importantes da vida dos filhos pequenos. 

Nesse processo, a personagem começa a escrever cartas para cada ocasião que julgava importante para as crianças, como o primeiro dia de aula, o retorno do primeiro acampamento de verão, a perda do primeiro dente, o primeiro namorado, o dia da formatura, o dia do casamento e assim por diante.

Cada uma dessas cartas era fechada em um envelope com a indicação da ocasião que deveria ser aberta/entregue ao destinatário. Inclusive uma carta para o esposo, que ficaria viúvo, a ser entregue para a pessoa com quem ele porventura decidisse se casar no futuro. 

Na trama  do filme chamado PS. Eu te amo (2007) dirigido por Richard LaGravenese, o personagem Gerry deixa uma série de cartas programadas para  sua esposa Holly. Essas cartas continham inclusive instruções de como a mesma poderia superar o luto.

Em tempos anteriores tínhamos as figuras dos  diários. Os diários que serviam para registrar acontecimentos, e também, deixar mensagens para os familiares e amigos no caso de falecimento estes serviam como verdadeiros mensageiros que mostram os sentimentos de quem morreu. 

Esta prática é vista como uma  cápsula do tempo, na qual você define que mensagens deixar ao ser amado, filhos e amigos  Geralmente as pessoas  pensam no que poderia ser dito para  que ficasse uma boa lembrança dos corações das  suas relações afetivas. Até mesmo algum conselho ou partilha de alguma realização feliz.

Nos dias atuais, se escrever cartas não está no auge da moda, o que podemos  esperar dos recursos tecnológicos para auxiliar  nessa jornada de despedida de entes queridos? 

A Guardadoria é uma plataforma digital na qual é possível deixar armazenadas de forma digital  cartas e vídeos para  amigos e familiares que serão entregues após a morte do emitente.

Armazenamos  de forma sigilosa, privada e confidencial  mensagens, fotografias, planilhas, vídeos e até mesmo cópia de documentos. 

Acesse agora www.guardadoria.com.br e comece a escrever suas cápsulas do futuro

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Veja também

Guardadoria. Todos os direitos reservados.

Conversar
Olá! Estamos aqui para ajudar!